sexta-feira, janeiro 09, 2009

Há realmente coisas que não se desaprendem...

- Andar de bicicleta
- Tocar flauta

são duas delas!

Da 1ª dei provas no 25 de Abril do ano passado, já não andava de bicicleta há mais de 15 anos, e naquele dia diverti-me que nem uma cachopa!

A 2ª constatei hoje! Aqui há tempos falei ao Helder para, quando se lembrasse,
comprar uma flauta para darmos à piquena (ela gosta tanto de cantar e de dançar...), ele hoje lembrou-se, e lá chegou a casa com a dita cuja. Não é que após umas notas de reconhecimento, já toquei o Nodi, o Ruca, a Joana Come a Papa, A Galinha põe o ovo, etc e tal? E a Mafalda reconhece tudo, e começa logo a cantar para acompanhar :)

5 comentários:

Pedro disse...

=)

Flauta ou piano, quando me ponho a tocar e encontro o timbre correcto... Afastem-se que estou ocupado! =D

Ando de bicicleta com regularidade ;) Apraz-me muito. Solta-nos!

Catarina disse...

Ai mulher, muitas dore de cabeça tive á conta da bela " musica " q tocavas....lembras te qd estavas a aprender???? Oxala a pipoca te faça passar pelo mesmo..... LOL

Gata das Trevas disse...

Aos anos que não faço nada dessas coisas!

anaaaatchim! disse...

Pedro, é isso mesmo... é uma sensação de liberdade fantástica :)

Primocas, tás a fazer pouco tás? olha que no sábado ainda levo a flauta ;) hahaha!!

Gata, a flauta é naquela, mas o andar de bicicleta é rejuvenescedor :) Devias tentar ;)

sofia costa disse...

A flauta eu dispenso... Se há coisa que me irrita é o som da flauta, principalmente se for daquelas que se usavam na escola!!! O filho da minha visinha de baixo andou uma fase que andava pela casa a "guinchar" com uma flauta dessas. Eu tinha vontade de dar com a cabeça na parede....

Já bicicleta, ADORO!!! Realmente nunca se desaprende. Antes da Alice nascer eu e o Zé passavamos muito tempo na casa dele em Labruge e andavamos muitas vezes de bicileta ao fim do dia quando começava a chegar o bom tempo! Saudades....