domingo, dezembro 14, 2008

Um dia muito, muito triste...

...em que tudo o que é pequeno perde importância, e sentimos na pele a efemeridade da vida :(

8 comentários:

teia d'aranha disse...

Não sei ao certo o que te fez ficar assim, embora deixes adivinhar nas entrelinhas, mas espero que consigas ultrapassar esse momento triste o mais rapidamente possível.

Beijinho

anaaaatchim! disse...

Beta obrigada pelo ombro amigo... beijo grande

Gata das Trevas disse...

Seja quem for que perdeste, tens a minha solidariedade. Tenho mto medo k algo semelhante me aconteça. Força amiga!

anaaaatchim! disse...

Obrigada Svetlana... a minha sogra era como uma mãe, uma amiga, e agora já não está cá... foram umas semanas de altos e baixos, e no final perdeu-se esta batalha... doi muito. A minha Mafaldocas adorava-a, as duas juntas faziam uma festa linda :)

Sofia disse...

Tudo se vai resolver... sabes que já passei por situações igualmente dolorosas, e sei compreendar e valorizar o que sentes neste momento. Tens que pensar positivo, e manter a esperança, o optimismo...também sei q é difícil qdo todos se vão abaixo...mas... alguém tem q ser forte, e se esse alguém somos nós...q sejamos.

Beijinho linda

anaaaatchim! disse...

Obrigada Sofia :( ainda me parece impossível...

Pedro disse...

Não sei o que dizer mais... Nunca parece possível, parece sempre um sonho. A vida é efémera, que dura realidade, mas temos de aprender a torná-la saborosa. Força!

anaaaatchim! disse...

Pedro, por isso mesmo é que há alguns pequenos "sacrificios" que se fazem, que parecem não ter sentido! porque a vida é realmente tão curta! Temos que tirar dela o máximo que pudermos!!