segunda-feira, dezembro 29, 2008

Porto Editora online, a má onda continua...

A má onda do webboom continua no wook. A Porto Editora mudou a imagem, mudou o nome, mas a incompetência continua a mesma.

Depois de ter feito uma encomenda na nova plataforma, quase 3 semanas depois recebo um email a indicar que os artigos encomendados estão esgotados. Isto é um "dejá vu" à força toda, a inocente no meio disto tudo sou eu, que acreditei que eles tinham mudado mesmo. E não apenas lavado a cara.

Para quê lançarem livros na loja online que não têm, ou não podem confirmar? Deve ser para fazer monte...

8 comentários:

Canochinha disse...

Que má onda mesmo... Eu de lá não encomendo nada por causa dos portes :X

anaaaatchim! disse...

É mesmo má onda :( Os portes realmente não são nada simpáticos, mas a encomendas que lá tenho tentado fazer são de livros juvenis / infantis com alguns anos, e dificeis de arranjar... mas como apareciam lá listados, eu encomendava... Já tentei da "Lillibeth" do "Jonathan Cap", e outros que não me recordo, e népias :(

Gata das Trevas disse...

Fonix! Cambada de incompetentes!

Sofia disse...

:(
Tive mais sorte que tu... encomendei um livro no dia 02/12 e recebi-o no dia 23/12! Estive 3 semanas na incerteza se haveria o livro ou não....
Só encomendei porque é um livro muito raro e não o conseguia arranjar de outra forma...

Bjs

anaaaatchim! disse...

Sofia, antes de mais boas entradas :)

Quanto ao site Wook, graficamente vive apenas da animação que deram à palavra não é? Confesso que nisso acho-o bem sucedido... O que me irrita mesmo é:
- o tempo de envio das encomendas
- não terem os livros encomendados

Estou a falar de livros às vezes dos anos 80, que confesso ser para mim uma surpresa encontrar listados, uma vez que geralmente tenho que andar nos alfarrabistas à procura deles... A questão é que 1º pago, depois passado quase 1 mês recebo um email a dizer que os artigos estão esgotados, e depois mais uns dias, e só depois me enviam um vale electrónico, que depois converto numa devolução bancária que demora (adivinha lá) mais uns dias... e o meu dinheirinho está fora de casa um tempão, e eu nem vou ter os livros...

Deviam pelo menos confirmar a existência ou não dos livros, e só depois pedir o pagamento (é o que faz por exemplo a ACVL que é uma livraria online mais fracota)

Quanto à disponibilidade dos livros... talvez devessem restringir-se a listar apenas livros recentes, que sabem que podem garantir a entrega...

Enfim... desde a minha primeiríssima compra, para aí em 2001 - que a minha experiência com a webboom não tem sido realmente a melhor (e nesse caso específico era um dicionário de sinónimos da própria porto editora, que demorei MESES a receber... só quando mandei um email "a partir tudo" é que recebi o dito cujo...)

A minha opinião é que se não vão ser bons numa coisa, mais vale não se meterem nela... e eu na webboom / wook sinceramente não acredito mais ;)

Pedro disse...

Como não faço compras online, não me posso pronunciar nesse sentido...

No entanto, o wook nunca me inspirou confiança... Só mesmo para pesquisar livros, pois nesse sentido é do melhor ;)

anaaaatchim! disse...

Usas o Wook para pesquisar? Eu para pesquisar uso mais a Fnac online e a Bertrand...

Pedro disse...

Eu quando vou pesquisar à Fnac parece que tem aversão a dar os resultados possíveis, o wook sempre foi mais "amigo".

Quanto à Bertrand, não passo por lá...