quinta-feira, outubro 30, 2008

Com o outono

...chegou o frio, e as folhas começaram a cair das árvores... muitas, muitas!

No outro dia tivemos que ir ao Gaiashopping de manhã, parámos o carro, e levámos a piolha ao colo até entrarmos no shopping - porque ela anda devagar e nesse dia estava um frio de "rachar". Lá dentro andou sempre sozinha, o pior foi quando saímos... um berreiro desalmado, um choro imenso, um pânico como nunca visto. E porquê? Bom... o que eram aquelas coisas todas a "rastejar" pelo chão tão rapidamente, a passarem pertíssimo dela? Pois... eram as folhas do outono, mas ela não sabia, e ficou muito sentida! Lá tivemos que pegar nela ao colo, porque ela estava pregada ao chão de tão assustada.

...e quando chegámos a casa, colocámos o carro na garagem, e lá vinha ela toda lampeira a andar, quando viu uma folha seca muito pequenininha no chão... não berrou, nem chorou, mas deu de gás, e vez um desvio de 2 kilómetros para passar bem LONGE da safada :)


6 comentários:

Sofia disse...

Tal como eu, a nossa piolha não grama o frio, nem as folhas de outuno, se bem que essas têm algo de poético... lá começo eu...

Moral da história: as folhas ''andem'' aí...

Beijinho enorme

Svetlana disse...

Os putos são lindos....

Svetlana disse...

Em resposta à tua pergunta, sim perco regalias, tenho pagar a joia outra vez. Mas se apresentar um atestado médico, não pago. E portanto, tenho amigos médicos, p isso... tasse bem!

Pedro disse...

Que piada... E que terno =)

Oh well, o outono é nostálgico. E acho tão triste quando anoitece cedo =( Tão triste...

O mundo da Mafalda é cativante. E filósofo. Chorar perante as folhas secas a caírem das árvores... Enfim, já estou a divagar! =) Mas não é impressionante o mundo que eles criam?

anaaaatchim! disse...

Sofia, andem aí, andem (e são mais que muitas);)

Svetlana são lindos sim :) às vezes põe-nos os cabelos em pé, e pensamos em rifá-los, mas claro que compraríamos nós próprios as rifas todas ;) hehe!

Pedro, o mundo que eles criam é mesmo muito interessante... só que está sempre em completa mudança, e eu como mãe doi comigo a ter imensas saudades de coisas e reacções que ela tinha num passado recente, e que já não tem... (não sei se me fiz entender?)

Pedro disse...

Sim, compreendo, eles vão crescendo e deixam de ter algumas atitudes que a princípio achamos engraçadas... Amadurecem aos poucos e poucos... E são os pais que se adaptam! =D